X

Seguro para corais

Uma outra preocupação do Grupo Boticário é com o impacto dos protetores solares.

Nos últimos 20 anos, com as constantes mudanças climáticas, a poluição e outros impactos ambientais estão comprometendo a saúde dos recifes de coral no mundo, o que por sua vez afetam a saúde dos oceanos.
Estima-se que até 14.000 toneladas de filtro solar sejam levadas para os recifes de coral em todo o mundo, a cada ano.

Alguns de seus ingredientes estão sendo alvo de questionamentos no meio científico por causarem branqueamento de corais – uma condição que os deixam vulneráveis e impede que obtenham os nutrientes necessários para sobreviver.

Apesar da controvérsia em relação aos ingredientes, pouco se tem confirmado, cientificamente, se o processo de branqueamento de corais está correlacionado com essas substâncias ou aos protetores solares.

O time de P&D do GB, preocupado com todo esse cenário e buscando produtos ainda mais sustentáveis, desenvolveu, em parceria com um laboratório de Ecotoxicologia localizado na França, uma metodologia

pioneira e inovadora que garante que a formulação completa do protetor solar não branqueie ou agrida os corais, protegendo assim o ecossistema marinho.

O olhar para o impacto ambiental de fórmulas e ingredientes é uma nova abordagem em sustentabilidade para o setor de cosméticos e seus consumidores.

Com o crescente movimento em busca de produtos mais sustentáveis, questionamentos de consumidores, mídias e da sociedade em geral, é fundamental que as empresas sejam transparentes e se posicionem sobre suas práticas, trazendo ainda mais benefícios para o consumidor e para o planeta.